AME AGORA!

Eu “tô” falando do amor que podemos e devemos caprichar mais em relação aos nossos pais. Digo isso, pois quando mais jovem, eu só queria saber de “curtir” e achava que a florzinha que levava de vez em quando pra minha mãe era o suficiente. Ela sempre gostou dos meus presentinhos e nunca reclamou de ficar só em casa.

Não “tô” dizendo que íamos estar juntos sempre, afinal eu era jovem e tinha os meus momentos. Mas eu deveria passar mais tempo em casa, tipo, assistindo um filme com ela e às vezes levá-la em algum lugar…

Não falo aqui no meu pai, pois ele não está mais nesta terra, mas isso que estou dizendo vale também pra outros casos em que se pode fazer outras pessoa felizes!

Eu deveria “me tocar” e agir melhor, por ex, quando eu ia sair e a via quietinha lá em casa, sendo que eu percebia, nas vezes em que eu dava uma atenção especial a ela, que ela gostava muito! Mas na maioria das vezes eu a via lá sozinha e pensava enquanto falava tchau: “…Não tenho culpa se ela não se deu tão bem no seu casamento…”.

Hoje eu me arrependo muito (muito mesmo), mas o tempo não volta (infelizmente).

Então talvez eu fazendo esta exposição dos meus pensamentos, ajude a amenizar os maus sentimentos que o meu arrependimento traz. Na verdade não me sinto preso por isso, pois tenho uma boa base para tal e não fui um mal filho, mas seria muito melhor se eu fizesse como penso hoje e até iria me orgulhar disso!

André Joseph

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s